Segregação racial - Sociologia (2022)

Ouça este artigo:

A segregação racial é um processo de discriminação entre pessoas pelas suas características étnicas serem entendidas como raças e que leva a um afastamento social dos grupos sociais. A segregação racial pode ter diferentes justificativas, mas está sempre permeada de algum tipo de discriminação e tem consequências para além da raça, impactando grupos sociais e indivíduos econômica e politicamente, e também em fatores psicológicos, educacionais e de acessibilidades. A discriminação racial e a segregação racial leva a diferentes formas de desigualdade social e tipos de opressão social.

No estudo das relações raciais, sociólogos distinguem entre segregação e isolamento. A segregação ocorre quando em áreas que dependem de serviços sociais comuns, tais como cidades, pequenas ou grandes, e regiões escolares. Uma área desse tipo é segregada se os membros dos diferentes grupos deixam de estar representados proporcionalmente em vários setores da vida social. Se a população de uma região escolar é 10% negra, por exemplo, cada escola deveria ter aproximadamente 10% de estudantes negros, a fim de ser considerada plenamente integrada. Se algumas escolas excluem alunos negros, contudo, e uma ou duas contam com maioria de negros, elas são segregadas. (JOHNSON, 1997, p. 203).

A ideia de raça que baseia a segregação racial tem diferentes origens. Porém, os exemplos mais conhecidos são a segregação dos Estados Unidos, começada no século XIX, com as leis de Jim Crow, e na África do Sul, com o regime do Apartheid. Ambos se relacionam ao conceito de raça e a discriminação feita aos negros a partir de uma população branca, que impuseram diferentes restrições sociais e civis às pessoas negras o que fragilizou o seu acesso à cidadania, trazendo consequências ainda hoje.

A ideia de raças humanas é condenada atualmente pela biologia, porém vigorou por muito tempo na humanidade. O seu aspecto científico, porém, só aparece a partir do século XVIII e XIX, com a ascensão do discurso cientifico como categoria de explicação da realidade, utilizando a antropologia, antropometria, medicina e biologia para justificar as diferenças humanas, não apenas biológicas, mas morais e comportamentais. E, usando essas diferenças, hierarquizar as “raças”. Nesta hierarquização, a dominação branca realizada pela Europa sempre se colocava como superior.

(Video) Segregação Racial - Sociologia - Enem 2022

Este conceito materialista se desenvolve no século XIX, tanto com a teoria da hereditariedade dos biólogos raciais, como com a livre interpretação do pensamento de Darwin: a seleção natural, que permite a sobrevivência a quem se adapta ao ambiente, se transforma em sobrevivência da raça favorecida por fatores hereditários. Estas teorias científicas dão origem a práticas que depois serão utilizadas pela política racista: a eugenia (ou higiene racial) que há de servir para combater a degeneração racial e para melhorar a qualidade da raça, para a tornar mais pura. No Racismo, o perigo da mistura das raças torna-se uma obsessão. (BOBBIO, 2016, p1060-1061)

A segregação racial, assim, é diferente das ideias de branqueamento que vigoraram no Brasil – mas não apenas – no século XIX e início do XX. Ambas se baseiam na ideia de que a coexistência de grupos étnico-raciais diferentes no mesmo local e a presença de etnias não-brancas são nocivos ao desenvolvimento da nação. A presença de negros no Brasil, Estados Unidos ou África do Sul, a partir do determinismo biológico e darwinismo social, seria motivo de preocupação e impedimento de progresso. De forma que as minorias brancas adotaram as práticas ou de segregação ou de branqueamento. O branqueamento é a prática de proporcionar casamentos com pessoas de linhagem branca para “apagar” os “problemas” ocasionados pelas demais etnias, consideradas inferiores. A segregação é o exato oposto. É a proibição de convivência das diferentes etnias, seja em ambientes públicos, ou nos próprios casamentos e relações pessoais. A segregação racial acredita que as “mazelas” ocasionadas pelas etnias não brancas não podem ser apagadas com os casamentos, devem ser separadas. O que ocorreu nos Estados Unidos e na África do Sul foi que a minoria branca dominava os ambientes acadêmicos e políticos, e os negros eram impedidos de frequentar locais públicos determinados, ocupar espaços em transportes públicos, reivindicar direitos variados, mas eram a principal mão-de-obra para trabalhos subalternos.

Com o termo Racismo se entende, não a descrição da diversidade das raças ou os grupos étnicos humanos, realizada pela antropologia física ou pela biologia, mas a referência do comportamento do indivíduo à raça a que pertence e, principalmente, o uso político de alguns resultados aparentemente científicos, para levar à crença da superioridade de uma raça sobre as demais. Este uso visa a justificar e consentir atitudes de discriminação e perseguição contra as raças que se consideram inferiores. (BOBBIO, 2016, p. 1059).

“Tanto as análises de tipo “cultural-antropológicas” como as abordagens mais “sociológicas” entendem que a ideologia do “branqueamento” nasceu num momento de incertezas, no contexto histórico-político da transformação da sociedade escravista em um novo modelo social, o sistema capitalista. Afirma-se que as “teorias raciais” clássicas, que ganharam força a partir da segunda metade do século XIX na Europa e nos EUA, e que condenavam a miscigenação, punham em xeque a viabilidade do projeto de modernização do país.” (HOFBAUER, 2003, p.68)

(Video) 5 MINUTOS DE HISTÓRIA - Segregação Racial e Luta pelos direitos civis nos Estados Unidos

Tanto nos Estado Unidos, com a segregação no século XIX, e a África do Sul, com o regime do Apartheid começando em 1948 (mesmo ano da promulgação dos Direitos Humanos), tiveram diferentes mobilizações sociais contra a segregação. A segregação acaba nos Estados Unidos em 1964 e na África do Sul em 1994.

Nelson Mandela foi sentenciado à prisão perpétua em 1964 por seu papel nos protestos antiapartheid em Shaperville, África do Sul. Mandela era um membro militante do Congresso Nacional Africano (ANC) criado para combater o apartheid, um sistema de segregação racial imposto pelo governo dominante branco. [...] Quando o Partido Nacional foi eleito em 1948, os brancos africâneres implementaram uma brutal política de apartheid – os negros foram segregados e não podiam votar. Muitos do movimento antiapartheid defendiam protestos não violentos, o que ajudou a atrair brancos sul-africanos à sua causa. O apartheid foi condenado por todo o mundo, e duras sanções internacionais foram impostas.” (O LIVRO DA HISTÓRIA, 2017, p. 325).

“A Marcha de Washington de 28 de Agosto de 1963 reuniu quase 250 mil pessoas – a maioria afro-americanas – na capital do país [Estados Unidos]. Elas reivindicavam igualdade, fim da segregação racial e acesso a todos os americanos a uma boa educação, moradia digna e empregos que pagassem um salário decente. Um dos oradores foi o reverendo dr. Martin Luther King Jr., que havia sido preso em abril daquele ano nos protestos antissegregação no Alabama. [...] Depois da Marcha de Washington, o congresso dos EUA aprovou a Lei dos Direitos Civis em 1964, proibindo a discriminação, e a Lei dos Direitos ao Voto em 1965. Mais de meio século depois, porém, muitas das metas estabelecidas naqueles dias ainda estão fora do alcance dos negros americanos.” (O LIVRO DA HISTÓRIA, 2017, p.311)

A segregação racial é um regime de discriminação e exclusão social que ocorre baseado em diferenças étnico-raciais e teorias de hierarquização das raças. Aconteceram regimes como este no século XX em meio as discussões sobre os direitos humanos e se baseavam em ideias de purismo racial e não contato entre etnias. Os grupos de etnia branca eram considerados mais evoluídos e aptos a exercer cargos importantes, enquanto a etnia negra era discriminada e possuía direitos restringidos. A segregação racial é condenada pelos Direitos Humanos por violar princípios de igualdade e liberdade. Sempre existiram diferentes movimentos contra a segregação, alguns pacíficos e outros não, mas que lutavam pelas causas de ampliação de direitos e respeitos a todos os grupos sociais.

(Video) Preconceito, discriminação e segregação racial.

Referências:

BOBBIO, Norberto. Dicionário de Política. Brasília: Universidade de Brasília, 2016.

JOHNSON, Allan G. Dicionário de Sociologia: guia prático da linguagem sociológica. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1997.

O LIVRO DA HISTÓRIA. São Paulo: Globo Livros, 2017.

(Video) Raça e Etnia: O que é Preconceito, Discriminação e Segregação? [1/2]

PYKE, Karen D. What is internalized racial oppression and why don't we study it? Acknowledging racism's hidden injuries.Sociological Perspectives, v. 53, n. 4, p. 551-572, 2010.

SPINELLI, Kelly C. Raças humanas não existem como entidades biológicas, diz geneticista. Jornal UOL, São Paulo, 05/02/2013. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2013/02/05/racas-humanas-nao-existem-como-entidades-biologicas-diz-geneticista.htm

HOFBAUER, Andreas. CONCEITO DE" RAÇA" E O IDEÁRIO DE" BRANQUEAMENTO" NO SÉCULO XIX.Teoria & Pesquisa: Revista de Ciência Política, v. 1, n. 42, 2003. Disponível em: http://www.teoriaepesquisa.ufscar.br/index.php/tp/article/view/57/47

THORPE, C. et al. O livro da Sociologia. São Paulo: GloboLivros, 2016.

(Video) sociologia diferença entre preconceito, discriminação,segregação

Texto originalmente publicado em https://www.infoescola.com/sociologia/segregacao-racial/

FAQs

O que significa segregação racial explique? ›

Segregação racial é o impedimento, com base na origem étnica (ou “raça”), do usufruto dos direitos disponíveis para todos os membros de determinada sociedade.

O que é segregação para a sociologia? ›

Separação geográfica de grupos em razão da sua raça, etnia, religião ou qualquer outra categoria que arbitrariamente é utilizada como motivo de discriminação espacial dos seus membros.

O que é Segregacionismo social? ›

Conhece-se por segregacionismo a política que procura separar, afastar e excluir determinados grupos sociais. É habitual que a segregação se exerça contra as minorias (podendo ser religiosas, sexuais, etc.)

O que é segregação de exemplos? ›

Na segregação racial as pessoas ficam impedidas de usufruir dos seus direitos dentro da sociedade. Um dos maiores exemplos de segregação racial foi o Apartheid, que ocorreu na África do Sul, onde os negros eram discriminados e foram criadas leis para não frequentarem os mesmos ambientes que os brancos.

Quais são as consequências da segregação social? ›

Em decorrência da segregação socioespacial, ocorre a divisão de classes sociais, bem como e marginalização dos mais carentes, o que impulsiona a elevação dos índices de desigualdades.

Quais são as formas de segregação? ›

Segregação pode referir-se a:
  • Segregação racial — separação ou isolamento de uma raça ou grupo étnico.
  • Segregação urbana.
  • Segregação espacial.
  • Apartheid — regime político de segregação racial.
  • Segregação cromossômica, durante a meiose, dos cromossomos de origem paterna e materna.

Quais os fatores que caracterizam os grupos segregados? ›

A segregação urbana – também chamada de segregação socioespacial – refere-se à periferização ou marginalização de determinadas pessoas ou grupos sociais por fatores econômicos, culturais, históricos e até raciais no espaço das cidades.

Por que segregação social? ›

A segregação socioespacial está ligada a lógicas econômicas estruturais. O papel do poder público, por essa ótica, seria equilibrar essas forças e possibilitar usos mais igualitários do espaço urbano — o que raramente acontece.

Qual o oposto de segregação? ›

O contrário de segregação é: 1. inclusão, incorporação, integração, abrangimento, abarcamento, agregação.

O que foi a segregação racial Brainly? ›

A segregação racial consiste na separação de determinado grupo social por conta de suas características físicas, seu fenótipo. Essa prática é baseada em ideários higienistas, que classificam a humanidade em raças, atrelando traços culturais, intelectuais e habilidades a fatores biológicos e genéticos.

O que é origem racial? ›

1. Origem racial. Diz-se das raças ascendentes de um indivíduo.

O que é crime de injúria racial? ›

“Se você tem uma ofensa dirigida para uma pessoa ou um grupo determinado de pessoas, que você consiga destacar essas pessoas, é injúria racial. Quando você tem um número grande de pessoas sem conseguir individualizar, se você pratica essa ofensa para toda uma coletividade, você tem o crime de racismo.

Qual a segregação? ›

A noção de segregação, tal como empregada nas ciências sociais, designa situações e processos pelos quais determinados grupos sociais se separam uns dos outros, evitando o convívio e a interação.

Como a desigualdade pode estar associada a segregação socioespacial? ›

Logicamente, no processo de desigualdade também se reproduzem outros processos tais como o de segregação socioespacial expresso no rompimento das articulações entre as diferentes porções do espaço urbano, como resultado da radicalização das diferenças, sobretudo, sociais e econômicas entre os sujeitos.

O que e segregação religiosa? ›

A separação institucional de um grupo étnico, racial ou religioso da maioria; O estado de ser segregado ou separado do grupo principal; A prática ou política de manter pessoas com certas características (raça, etnia, religião, etc.) separa-se umas das outras.

Quais são os três tipos de consequências do processo de segregação? ›

Distinguimos três tipos de conseqüências principais do processo de segregação: espaciais, de convivência social e na distribuição do poder.

O que é consequência da segregação? ›

A residência em locais altamente segregados teria como principais conseqüências o isolamento em relação às redes sociais e econômicas mais relevantes e a exposição a diversas condições de risco, que gera uma série de "externalidades negativas" com efeitos significativos sobre os circuitos de reprodução da pobreza ( ...

Por que a segregação urbana é algo inevitável hoje na sociedade? ›

Essas características são provocadas simplesmente pelo fato das desigualdades sociais estarem presentes na maioria dos países capitalistas, quanto maiores as disparidades socioeconômicas entre as classes sociais, maiores são as diferenças nas moradias, nos serviços públicos e na qualidade de vida.

Como a segregação muda uma sociedade? ›

A segregação urbana dificulta a ascensão social das classes marginalizadas, uma vez que se gasta mais tempo no transporte público, que é precário, e há dificuldade de acesso a serviços de educação, saúde e lazer.

Qual o objetivo de segregar? ›

Segregar significa diferenciar com o objetivo de desunir. Também pode ser sinônimo de desligar, soltar ou desprender alguma coisa.

Como solucionar a segregação? ›

Uma forma de combater essa segregação é a sociedade civil se organizar e reivindicar seus direitos, previstos na Constituição Federal. Do contrário, esse processo só tende a se agravar.

O que é segregação horizontal? ›

A segregação horizontal, também designada de segregação ocupacional, traduz a concentração de mulheres e homens em diferentes tipos de trabalho, profissões e sectores de atividade; a segregação vertical (que encontramos metaforicamente traduzida na expressão “tetos de vidro”) traduz a inserção de homens e mulheres em ...

O que é segregação no mercado de trabalho? ›

O termo “segregação” no mercado de trabalho significa uma assimetria na contratação de trabalhadores pelas empresas, baseada em certas caracterís- ticas, como sexo, cor, nacionalidade e qualificação profissional (Bahia et al., 2009).

Como diminuir à segregação social? ›

More videos on YouTube
  1. Equilibrar o sistema tributário.
  2. Promover a oferta de trabalho.
  3. Revogar a Emenda do Teto de Gastos.
  4. Enfrentar a Discriminação Contra as Mulheres.
  5. Tributar lucros, dividendos e heranças.
  6. Combater a concentração de terras.
  7. Investir em Saúde e Educação.
  8. Melhor qualidade do gasto público.

Como podemos explicar historicamente à segregação social no Brasil? ›

Isso porque durante o período de intensa urbanização brasileira e de constituição dos principais centros urbanos buscava-se no processo de desenvolvimento econômico, dinamizado pela industrialização, no intenso processo de migração do campo para a cidade, das migrações inter-regionais e nos mecanismos de acumulação ...

Quais são os casos de segregação socioespacial no Brasil? ›

Um dos maiores exemplos de desigualdade socioespacial é a relação entre Morumbi e Paraisópolis. Ambos os bairros abrigam diferentes segmentos sociais, classes A, B, C, D e E, respectivamente. Na favela, há mil habitantes por hectare e no Morumbi, 30 habitantes por hectare.

Como se dá o processo de segregação? ›

A segregação pode ocorrer em forma de imposição, isso se dá com a camada da população de baixa renda, que não tem muita opção de escolha para locais de moradia. A autossegregação refere-se à classe dominante, que possui o poder de escolher onde residir.

O que usar no lugar de sociedade? ›

Sinônimo de sociedade
  • comunidade, coletividade, corpo social, povo. ...
  • associação, grupo, agrupamento, grêmio, agremiação, clube, centro, círculo, corporação, confraria, congregação, liga, irmandade, assembleia, sodalício, junta.

O que quer dizer a palavra segregado? ›

1 Que se segregou. 2 Que foi posto à parte; apartado, desmembrado, separado. 3 Deitado ou expelido por secreção.

Como surge a desigualdade racial? ›

Origens da desigualdade. A desigualdade racial é consequência de um processo histórico e político que pode variar de acordo com a sociedade e sua construção. No Brasil, a desigualdade está diretamente ligada à colonização e à escravidão.

Qual o impacto do racismo na sociedade? ›

No mercado de trabalho, os principais impactos do racismo são a desigualdade salarial entre brancos e negros, a maior taxa de desocupação entre negros e a falta de representatividade dos negros em cargos de gestão em empresas de todos os segmentos.

O que é igualdade racial e social? ›

O Estatuto da Igualdade Racial traz um conjunto de regras e princípios jurídicos para coibir a discriminação racial. A legislação se concentra em aspectos como o direito à saúde, à educação, à cultura, ao lazer, ao trabalho e à moradia.

Qual é a lei do racismo? ›

LEI Nº 7.716, DE 5 DE JANEIRO DE 1989.

Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de preconceitos de raça ou de cor.

O que diz o artigo 141? ›

Artigo 141 do Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

III - na presença de várias pessoas, ou por meio que facilite a divulgação da calúnia, da difamação ou da injúria. Parágrafo único - Se o crime é cometido mediante paga ou promessa de recompensa, aplica-se a pena em dobro.

Em que ano o racismo passou a ser crime? ›

Na legislação brasileira, o crime de racismo é regulado pela Lei nº 7716, de 1984, que tornou o racismo crime inafiançável.

Quem produz a segregação? ›

“A segregação espacial é a expressão das classes sociais”, é a prova real de que o antagonismos de classes existe e essa desigualdade podemos ver presente no espaço, seja urbano, como também no rural.

O que provoca a segregação urbana? ›

Entre as suas causas, estão o êxodo rural causado pela mecanização do campo, a industrialização, e o crescimento acelerado e desordenado dos centros urbanos. Seu processo é decorrente do aumento da pobreza urbana e da segregação socioespacial.

Quais são os problemas decorrentes da segregação nas cidades? ›

Incluem-se a isso as precárias condições de transporte público e a péssima infraestrutura dessas zonas segregadas, que às vezes não contam com saneamento básico ou asfalto e apresentam elevados índices de violência.

Quais países do mundo apresentam maior e menor desigualdade? ›

Ranking da DesigualdadePaís
África do Sul
Namíbia
Zâmbia
República Centro-Africana
16 more rows
18 Jun 2021

O que é segregação econômica? ›

INTRODUÇÃO: A segregação econômica residencial e a consequente distribuição desigual de estabelecimentos que comercializam alimentos in natura e minimamente processados ou ultraprocessados pode ser um dos fatores determinantes das disparidades no consumo e segurança alimentar e nutricional da população.

Qual a função das ordens religiosas? ›

As organizações religiosas surgidas na Idade Média, como as ordens, congregações e sociedades, foram formadas por sacerdotes que buscavam o isolamento para se dedicar mais às atividades religiosas.

O que é origem racial? ›

1. Origem racial. Diz-se das raças ascendentes de um indivíduo.

Qual é o significado da palavra segregado? ›

1 Que se segregou. 2 Que foi posto à parte; apartado, desmembrado, separado. 3 Deitado ou expelido por secreção.

O que é a diversidade racial? ›

O que é diversidade étnica? A diversidade étnica é a união de diferentes povos em uma mesma sociedade. Como já foi dito, etnia é um grupo de indivíduos que possuem compatibilidades de origem, história, idioma, religião e cultura, não importa o país em que estejam naquele dado momento.

Qual o sinônimo de segregação? ›

18 sinônimos de segregação para 2 sentidos da palavra segregação: Afastamento: 1 afastamento, apartação, desligamento, desmembramento, desunião, discriminação, distanciamento, insulação, isolamento, marginalização, segregamento, separação.

Como surge a desigualdade racial? ›

Origens da desigualdade. A desigualdade racial é consequência de um processo histórico e político que pode variar de acordo com a sociedade e sua construção. No Brasil, a desigualdade está diretamente ligada à colonização e à escravidão.

Qual o impacto do racismo na sociedade? ›

No mercado de trabalho, os principais impactos do racismo são a desigualdade salarial entre brancos e negros, a maior taxa de desocupação entre negros e a falta de representatividade dos negros em cargos de gestão em empresas de todos os segmentos.

O que é igualdade racial e social? ›

O Estatuto da Igualdade Racial traz um conjunto de regras e princípios jurídicos para coibir a discriminação racial. A legislação se concentra em aspectos como o direito à saúde, à educação, à cultura, ao lazer, ao trabalho e à moradia.

O que significa segregação no direito? ›

Segregar é, pois, a ação de “pôr de lado; pôr à margem; separar, marginalizar”, o que pode ocorrer por costume e/ou por uma lei. A segregação, que geralmente ocorre por motivos raciais, religiosos, culturais e/ou econômicos, está presente em quase toda a história da humanidade, podendo ser identificada ainda hoje.

O quê expelidos? ›

Significado de Expelido

adjetivo Expectorado; lançado para fora: catarro expelido pelos pulmões. Proferido; dito agressivamente: insultos expelidos. Arremessado; projetado a distância: projétil expelido pela metralhadora.

O que é um material segregado? ›

Segregar, assim como a própria palavra já diz, é separar os resíduos de acordo com suas características físicas, químicas, biológicas e radiológicas, bem como de acordo com seu estado físico (sólido e líquido) e ainda forma química.

O que é preconceito racial resumo? ›

Considera-se como preconceito racial uma disposição (ou atitude) desfavorável, culturalmente condicionada, em relação aos membros de uma população, aos quais se têm como estigmatizados, seja devido à aparência, seja devido a toda ou parte da ascendência étnica que se lhes atribui ou reconhece.

Qual a importância da diversidade racial para a nossa sociedade? ›

Essa é a importância da diversidade: proporcionar a oportunidade de reforçar o nosso desenvolvimento como sociedade. Evidentemente, vivemos em um mundo formado por etnias com suas especificidades, mas todos com os mesmos direitos e deveres, baseados em uma condição única de Ser Humano.

Como lidar com a diversidade racial? ›

Muitas frentes podem ser desenvolvidas, entre elas:
  1. Programas estratégicos antirracismo.
  2. Desenvolvimento específico para talentos negros.
  3. Comunicação inclusiva.
  4. Criação de grupos de afinidade.
  5. Cobranças de toda rede envolvida com a organização.
17 Nov 2021

Como acontece a segregação social? ›

A segregação socioespacial é um processo que fragmenta as classes sociais em espaços distintos da cidade. Nesse sentido, o cotidiano das pessoas que habitam esses lugares é marcado pela insegurança, violência, moradias precárias, falta de infraestrutura e acesso aos serviços básicos e ao lazer.

O que é uma sociedade segregada? ›

A segregação urbana – também chamada de segregação socioespacial – refere-se à periferização ou marginalização de determinadas pessoas ou grupos sociais por fatores econômicos, culturais, históricos e até raciais no espaço das cidades.

Como se dá o processo de segregação? ›

A segregação pode ocorrer em forma de imposição, isso se dá com a camada da população de baixa renda, que não tem muita opção de escolha para locais de moradia. A autossegregação refere-se à classe dominante, que possui o poder de escolher onde residir.

Videos

1. Fotos de quando a segregação racial era permitida nos EUA
(Sociologia em quarentena)
2. Desigualdade Racial no Brasil - 2 minutos para entender!
(Superinteressante)
3. O que é segregação racial?
(mano joul joul)
4. Diversidade Segregação Racial
(Talita Regis)
5. Preconceito, discriminação e segregação
(Carrefour Brasil)
6. No Brasil existe segregação racial
(Anis - Instituto de Bioética)

Top Articles

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Terence Hammes MD

Last Updated: 11/09/2022

Views: 6480

Rating: 4.9 / 5 (49 voted)

Reviews: 88% of readers found this page helpful

Author information

Name: Terence Hammes MD

Birthday: 1992-04-11

Address: Suite 408 9446 Mercy Mews, West Roxie, CT 04904

Phone: +50312511349175

Job: Product Consulting Liaison

Hobby: Jogging, Motor sports, Nordic skating, Jigsaw puzzles, Bird watching, Nordic skating, Sculpting

Introduction: My name is Terence Hammes MD, I am a inexpensive, energetic, jolly, faithful, cheerful, proud, rich person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.